Situação detectada

Verifico com bastante frequência, situações em que uma empresa ou figura pública tem uma página pessoal no Facebook e devido às regras do mesmo, decide criar uma página profissional. No entanto a grande maioria desconhece que é possível migrar um perfil pessoal para página profissional, transformando automaticamente os amigos em fãs.
Sendo que as empresas ou figuras públicas têm geralmente bastante acima de 500 amigos é um GRANDE desperdício não usar esta funcionalidade e começar uma página de Facebook logo com 500/1000/2000 fãs.
Na migração é possível transformar todos os amigos em fãs da página e também é possível seleccionar fotos a migrar. A timeline não transita, porque diz respeito ao perfil pessoal. A migração é relativamente fácil, no entanto se algo correr mal, já sabemos que fora FAQ’s o suporte do Facebook é zero. Felizmente se algo correr mal é relativamente simples apagar a página profissional e começar a migração do início.

O perfil pessoal não desaparece, continua a existir e passa a ser também administrador da página. Em casos de empresas o ideal será nomear verdadeiros perfis pessoais como administradores e passado uns tempos se a migração tiver corrido bem, eliminar o perfil pessoal da empresa. Para fazer um backup antes de eliminar, ir a Definições – Geral – Descarrega uma cópia dos teus dados do Facebook.

Processo de Migração de Perfil Pessoal para Página de Facebook

Para migrar basta usar o seguinte link (https://www.facebook.com/pages/create/migrate) e seguir os passos:

  • Migrar (Get Started)
  • Adicionar alguma informação detalhada à página: tipo de negócio, etc
  • Selecionar os amigos que se tornarão fãs da página (todos!)
  • Copiar fotos do perfil pessoal para a página profissional (só uso esta opção em situações excepcionais)

E se entretanto já tinha criado a página profissional do zero e já estava a trabalhar com a mesma?

Nesse caso, após a migração de perfil pessoal para página, terá de ser feita uma fusão das duas páginas, mantendo a informação da página que já estava a ser trabalhada e fundindo os fãs. Numa fusão entre duas páginas a informação entre as páginas deve ser o mais semelhante possível, principalmente o nome, telefone e morada. Isso pode ser a diferença entre uma fusão de 5 minutos e uma fusão de semanas. Já dissemos que o suporte do Facebook é zero, logo temos de fazer o possível para que tudo corra bem.

Processo de Fusão (Merge) entre duas páginas de Facebook

  • Ser administrador das duas páginas
  • Aceder ao seguinte endereço: https://www.facebook.com/pages/merge
  • Confirmar a password da conta pessoal de Facebook
  • Escolher as duas páginas a migrar
  • Seleccionar a página a manter e a página a descartar.

De notar que, da página a eliminar, só os fãs e os check-ins se mantêm, tudo o resto é eliminado na fusão.

De notar também que muitas vezes aos escolher as duas páginas a migrar, o passo seguinte não é imediato, carece de análise do Facebook, que, assim que analisar envia uma notificação para proceder ao passo seguinte.

Dicas que valem ouro

Geralmente quando uma empresa ou figura pública já tem uma página começada do zero, bem trabalhada e só quer transformar os amigos do perfil pessoal em fãs, não quer que os amigos/fãs fiquem confundidos com a criação de uma segunda página de Facebook, até porque a mesma irá ser eliminada pelo processo de fusão.

No entanto, na migração de perfil pessoal para página, o Facebook geralmente não deixa esconder a página (Página não publicada), pelo facto de ter sido migrada recentemente. Uma forma de contornar essa questão será ir a Definições da Página – Geral – Restrições de países – seleccionar “Mostrar esta Página apenas a utilizadores nestes países” e escolher um país onde temos a certeza que não temos amigos (Azerbeijão, Ilhas Cook, etc). Deste modo a página continuará publicada, mas só estará visível para pessoas que vivam no Azerbeijão, por exemplo. Desta forma podemos tratar da fusão com toda a calma, sem necessidade de confundir amigos e fãs.

Tendo em conta a dificuldade em angariar fãs para páginas de Facebook, espero que estas dicas tenham sido úteis, sabendo de antemão que podem não se aplicar a toda a gente.